segunda-feira, 4 de junho de 2007

Heise, Heise D

Vetor by Heise

Ambiciosa (Florbela Espanca)

Para aqueles fantasmas que passaram,
Vagabundos a quem jurei amar,
Nunca os meus braços lânguidos traçaram
O voo dum gesto para os alcançar ...
Se as minhas mãos em garra se cravaram
Sobre um amor em sangue a palpitar ...
- Quantas panteras bárbaras mataram
Só pelo raro gosto de matar !
Minh’ alma é como a pedra funerária
Erguida na montanha solitária
Interrogando a vibração dos céus !
O amor dum homem ?
- Terra tão pisada,
Gota de chuva ao vento baloiçada ...
Um homem ?
- Quando eu sonho o amor de um Deus ! ...

2 comentários:

Defensor disse...

Salve!
Florbela Espanca! Que poetisa! Simplesmente perfeitos seus escritos. Lendo essas grandes figuras da literatura mundial é que me dou conta de que eu não escrevo nada!
Abraços

saldanha disse...

Não há nada mais perfeito para acompanhar a arte da escrita do que um vetor, e disso você entende e tem bom gosto. estou preparando algo que vais adorar. Abraços, todos precisam saber deste blog. Tenho um pensamento que trago comigo sempre, "Faça o que vosê gosta e muitos que tem o seu mesmo gosto formarão contigo aliança". Bye. Obrigado pela visita ao Imagens e Letras.